Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005

Mais um ano está chegando ao fim...

champanhe.jpg

Mais um ano está chegando ao fim

Iremos à procura de novas realizações

Que o ano que se inicia você realmente...

Ouça as palavras que sempre desejou ouvir

Pronuncie as frases que um dia desejou repetir

Sinta a emoção que sempre esperou sentir

Caminhe pelos trilhos que um dia desejou seguir

Divida o caminho com quem sempre desejou repartir

Abrace todos os amigos que sempre desejou reunir

Desejo do fundo do meu coração

Que cada vez que seus sonhos seguirem viagem, eles voltem

Para uma vida transbordando de realizações

Embarquem na "VIAGEM DAS REALIZAÇÕES"

Em 2006 seja feliz nos seus sonhos

E tenha a felicidade de buscá-los.

publicado por ReikiAna às 22:47

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

...

20Seals_Wheel.jpg

Foi há quase 260 séculos, há 26.000 anos que a Nave do Tempo Terra entrou em sua Primeira Génese, a Génese do Dragão do Encantamento do Sonho Primário.
Tecida pelo Dragão, para dentro da Terra, a viagem Humana do Encantamento do Sonho começou. O Castelo Vermelho Leste do Girar foi penetrado. A Primeira das Poderosas Ondas Encantadas foi lançada. Iniciamos hoje, Kali 18 da Lua Rítmica do Lagarto do Ano Semente Cósmica Amarela mais um Giro Galáctico de 260 Kins! O Encantamento do Sonho actual da Nave do Tempo Terra está agora aproximando-se do final dos seus vinte e seis mil anos!

1ª Onda Encantada do Dragão

CASTELO VERMELHO LESTE DO GIRAR

GÉNESE DO DRAGÃO

Castelo Vermelho inicia a Semente, através do nascimento a Semente cresce.
Castelo Leste, do girar, do retorno. Corte do nascimento; poder de entrada.
A tribo do Dragão Vermelho inicia o giro pelo poder do nascimento; recordada a verdade de Neptuno galáctico. O nascimento inicia o retorno. Pelo retorno adquirimos o conhecimento e aprendemos a iniciar.

1) Qual é o meu propósito? DRAGÃO. Unificar-me com o fim de nutrir o nascimento, o princípio criador; atraindo o ser e a existência de forma pura e original.

2) Qual é o meu desafio? VENTO. Polarizar-me com o fim de comunicar o sentido espiritual, estabilizando o alento a vida o espírito.

3) Qual é minha melhor maneira de servir? NOITE. Activar-me com o fim de que penetre na psique, o sentido espiritual através dos sonhos e da abundância do universo, inculando a intuição e a percepção interior.

4) Qual é minha forma de agir? SEMENTE. Definir-me com o fim de atingir o crescimento espiritual através do florescimento adequado da matéria; medindo a atenção no princípio da geração e da maturação.

5) Como posso melhor me preparar? SERPENTE. Conferindo-me poder com o fim de manter a energia vital da sobrevivência, comandando os instintos de forma integrada.

6) Como posso organizar-me rumo a igualdade? ENLAÇADOR DE MUNDOS. Organizando-me com o fim de igualar todos os aspectos da existência, equilibrando oportunidade da renovação, contactando as multidimensões do ser.

7 ) Como posso harmonizar meu serviço em relação aos outros? MÃO. Canalizando com o fim de conhecer e realizar; inspirando a cura que todos aspiramos no universo.

8) Eu vivo aquilo em que acredito? ESTRELA. Harmonizando-me com o fim de embelezar o plano cósmico; modelando a arte de ser e viver plenamente.

9) Como atingir meu propósito? LUA. Pulsando com o fim de purificar as emoções e o espírito; realizando o fluxo da vida, a comunicação e a expansão da vida superior.

10) Como posso aperfeiçoar o que eu faço? CÃO. Aperfeiçoando-me com o fim de amar incondicionalmente, produzindo a lealdade e a integridade como forças positivas na viagem espiritual.

11) Como posso libertar-me e deixar ir? MACACO. Dissolvendo com o fim de jogar e desfrutar a magia da vida; liberando a ilusão, actuando como co-criador inteligente da vida superior

12) Como dedicar-me a tudo que tem vida? HUMANO. Dedicando-me com o fim de influenciar, sendo um receptor das força cósmicas; universalizando a sabedoria, manifestando o poder da livre-vontade .

13) Como posso aumentar minha alegria e meu amor? CAMINHANTE DO CÉU. Perdurando com o fim de explorar o espaço, aspirando pela unificação do céu com a terra , transcendendo a vigilância; buscando a consciência plena.

É o momento de todos os Kins Planetários entrarem na Aventura da Nave do Tempo Terra.

Assim como o Falcão que, tendo iniciado seu Giro, dá voltas sem olhar para trás, também um Kin Planetário, tendo entrado pelo Portal Magnético do Dragão do Castelo Vermelho Leste do Girar, já não terá volta. A partir daí ele passará a girar e girar pelas espirais sem fim dos Castelos da Poderosa Nave do Tempo Terra 2013

In Lake'ch!

AH YUM HUNAB KU

EVAN MAYA E MA HO!

Salve a Harmonia da Mente e da Natureza

publicado por ReikiAna às 22:22

link do post | comentar | favorito
|

Qual cor devo usar no Reveillon?

cores_pri_sec.gif

Uma das superstições mais comuns em todo o mundo é a roupa que você deve vestir na passagem do ano. Já que um novo ano está nascendo com mil e uma coisas para serem feitas e descobertas, nada mais natural que o clima de renovação se reflita também em suas roupas que devem ser novas. Se o dinheiro estiver curto, roupas íntimas já dão conta do recado.

No Brasil, a cor mais usada é a branca, devido à forte influência da cultura e da religião africana, que acredita que esta cor traz boas vibrações.

Outra cor muito usada por aqui é a rosa, que também significa paz e amor. Calcinhas cor-de-rosa são as mais cotadas entre as solteiras que estão à procura de um par.

Apesar disso, o significado das cores varia a cada país, região, cultura, etc. Por isso, consulte nossa tabela de cores e escolha a que mais se identifica com os objetivos que pretende alcançar em 2005.

Branco
Vista-se de branco para ter um ano repleto de paz, verdade, sabedoria e calma. O branco repele as energias negativas e eleva as vibrações. Estimula a memória e gerencia o equilíbrio interior.

Amarelo
Utilize esta cor para ter dinheiro e riqueza e sabedoria durante todo o ano. Esta cor ajuda também a estimular a intuição.

Rosa
O rosa é o resultado da mistura do vermelho e do branco. Da mesma maneira é seu significado. Para obter felicidade no amor, pureza e beleza durante 2005, vista-se desta cor que ajuda também a afastar as energias negativas.

Vermelho
Para ter 12 meses de muita paixão, força e energia, ao menos pinte as unhas com esta cor. Isso já vai garantir um ótimo resultado.

Azul
A cor do céu e do mar traz paz de espírito e segurança. Tranqüilidade, harmonia e saúde, também são provenientes desta cor.

Verde
O verde é a cor mais harmoniosa de todas. Representa as energias da natureza, esperança, equilíbrio e recomeço. Renova as energias trazendo vida nova junto ao novo ano.

Laranja
Atrai sucesso monetário. Ajuda nas conquistas pessoais e profissionais. Se você está aguardando aquela promoção, ou mesmo está procurando um emprego, encontrou a cor certa.

Violeta
A cor violeta traz junto com o novo ano inspiração, imaginação e estabilidade. Esta cor também eleva a auto-estima e ajuda a manter o foco de um objetivo.




publicado por ReikiAna às 22:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2005

Aura

Aura.jpg

"Aura

Você com certeza já deve ter conhecido alguém assim: basta chegar perto para se envolver numa maravilhosa onda de luz e paz. Sua energia é tão positiva e contagiante que poderia até ser tocada. Outras pessoas, ao contrário, provocam uma desagradável sensação de cansaço, como se roubassem nossa energia. Esta capacidade de apagar ou iluminar o ambiente reflete o poder da nossa aura.

Uma pessoa altamente emotiva com um chakra do plexo solar desenvolvido e descontrolado, pode causar destruição. Por outro lado uma pessoa que use corretamente o centro do coração, leva a inspiração a centenas de pessoas, expandindo sua Aura e tornando seu campo energético mais amplo, mais forte, mais protegido e mais resistente aos ataques das energias telúricas e de energias negativas.

Ela foi estudada nos anos setenta pelo físico russo Samuel Kirlian, que inventou a kirliangrafia, que não é nada mais que a fotografia da nossa aura. Através dela pode-se detectar visualmente que todo ser humano representa um gerador de energia que produz um campo energético.

1) Aura da saúde física;
2) Aura astral ou emocional;
3) Aura mental;
4) Aura do corpo etérico.

A aura é constituída por quatro campos, quatro camadas:

Existe uma correlação entre o estado geral de corpo-mente-alma de uma pessoa e seu corpo vibratório. Danos à alma, tensão e fraquezas físicas tornam-se perceptíveis, antes mesmo de se manifestarem em você, tais como depressões, fadigas e doenças. Quem passa por uma perda de um parente querido, por exemplo, terá chances de se recuperar mais rapidamente se seu campo energético estiver equilibrado. Uma das maneiras para deixá-la em perfeito estado é tomar o banho de água com sal.

Antes de tudo, devemos esclarecer a essência da aura. Todos os pensamentos e atos humanos pertencem ao bem e ao mal. A espessura da aura é proporcional à quantidade de pensamentos bons e maus. Internamente, quando uma pessoa pratica o bem, sente uma satisfação na consciência. Esses pensamentos se convertem em luz, somando-se a luz do corpo espiritual. Quando, ao contrário, os pensamentos e atos sãos maus, estes se convertem em nuvens do corpo espiritual.

Externamente, quando se faz o bem aos outros, os pensamentos de gratidão das pessoas beneficiadas também se convertem em luz. Transmitidos através do fio espiritual para a pessoa que praticou o bem, aumentam a luz desta. Quando, ao contrário, a pessoa recebe transmissões de pensamentos de vingança, ódio, ciúme ou inveja, suas nuvens aumentam. Por isso, é preciso praticar o bem e proporcionar alegria aos outros, evitando provocar pensamentos de vingança, ódio ou ciúmes.

Para assegurar a boa luminosidade de sua aura todo cuidado é pouco. Ciúme, raiva, ódio ou inveja podem atuar negativamente sobre o equilíbrio dos campos energéticos. O primeiro passo é combater as situações de estresse com constantes exercícios de relaxamento, caminhar todos os dias pela manhã (se possível por vinte minutos), e viver situações que salientem o seu lado alegre.

nrg1.jpg

A Aura e suas Cores

Ensinaremos uma técnica bem simples para visualizar a aura de alguém. Use apenas sua intuição.

Coloque-se na frente pessoa. Fixe seu olhar nos intercílios. Conte até 5. Feche os olhos por alguns segundos.

Depois, fixe sua atenção no alto da cabeça da pessoa que está na sua frente. Conte até 5. Feche os olhos e pergunte mentalmente: "Qual a cor da sua aura". A resposta virá instantaneamente.

Apresento algumas das qualidades principais das cores, as quais se referem à segunda camada da aura, que nos indica o estado de nossa alma:

Aura Verde
Autoconfiança, capacidade de resolver problemas e de perdoar. Pessoa que ama a paz; sensibilidade. É organizador, planejador e estrategista.

Aura Amarela
Capacidade de dar e receber; ter esperanças; a saúde e a família desempenham um papel importante. Tem o dom de trabalhar em grupo harmoniosamente. O amarelo é uma das cores cinestésicas do espectro; isso significa que uma pessoa com aura desta cor tem uma reação física antes de ter uma resposta emocional ou intelectual. Quando ele entra numa sala cheia de gente, sabe de imediato se quer permanecer ou não.

Aura Azul
Capacidade de curar através das próprias energias mentais e espirituais; age sobre os outros de modo agradável e calmante; altos ideais de vida; sinceridade. O Azul personifica as características do cuidado e do carinho. É a cor da aura que mais se preocupa em ajudar os outros.

Aura Laranja
Destemidos, poderosos e descuidados com a própria segurança pessoal, brandem os punhos fechados contra o próprio Deus. Sua busca espiritual é, na verdade, uma busca de um sentido de vida além de si mesmo.

Aura Dourada
Adora saber como e por que uma determinada coisa funciona, e lança mão de uma paciência infinita. A espiritualidade, para a pessoa de aura dourada, é o estudo da ordem superior do universo e de leis e princípios que o governam. Ele quer entender a organização mental, as leis ou as probabilidades que geraram a ordem no interior do caos espiritual.

Aura Vermelha
Ênfase no modo de vida material; sucesso alcançado através da dedicação pessoal completa; saúde física estável; tendência à irritabilidade quando contrariada.

Aura Violeta
Espiritualidade bem desenvolvida; inspirações criativas; capacidade de transformar os sofrimentos pessoais em fatores positivos para o próprio destino. O violeta é a cor do espectro mais próxima do equilíbrio psíquico, emocional e espiritual em vigor no planeta neste momento.

Aura Prateada
Um curandeiro, médium natural. Utiliza energia para transformar luz em em raios que curam, seu maior desafio é aprender a se conhecer e descobrir seus dons especiais.

Aura Anil Indigo
A aguda perspicácia intelectual é um dos aspectos mais gratificantes e mais exasperantes, é brilhante e inquiridor, com uma inteligência que vai muito além dos conceitos mais tradicionais.

Garantir uma aura equilibrada não é um bicho-de-sete-cabeças. Tenha muito bom humor e otimismo, assim você estará sempre iluminada! "

(extraido de www.misteriosantigos.com.br)




publicado por ReikiAna às 21:53

link do post | comentar | favorito
|

Que diz o meu signo...

cap.jpg

A Lua Nova no seu signo indica um período astral de esperanças renovadas em sua vida. Esse é um período em que as energias se concentram naquelas áreas que mais se harmonizam com você. As festas tradicionais de final do ano, com as reuniões familiares e a renovação de votos e esperanças são ideais para você reavaliar seus objetivos para 2006. Mesmo voltando sua emoção para o passado, sua cabeça já está no futuro, preparando a semeadura para o ano que se inicia.

Esse será um ano próspero para os capricornianos, já que seu regente, Saturno, influenciará o ano inteiro. O trabalho árduo e tenaz que você realiza, acabará dando muitos frutos para a sua colheita.

publicado por ReikiAna às 21:12

link do post | comentar | favorito
|

Saturno, O Regente de 2006 - por :: Graziella Marraccini ::

5000.jpeg

"Ao se aproximar o início do próximo ano do nosso calendário, os astrólogos sempre procuram oferecer orientações a fim de ajudar as pessoas a entrarem em sintonia com as energias cósmicas que irão reger o ano em questão. Muitos são os métodos usados e todos eles são válidos; por essa razão existe uma grande liberdade de escolha e cada um irá escolher aquele que mais lhe agradar intuitivamente.

A astrologia, assim como muitas outras ciências, permite várias interpretações que dependem de tradições diferentes. A Astrologia Hindu é diferente da Chinesa que é diferente da Muçulmana que é diferente da Ocidental. Mas todas são válidas e todas transmitem conhecimentos milenares de sabedoria e tradição e por essa razão todas podem servir de orientação. Tentarei esclarecer alguns pontos a esse respeito e deixarei que você, leitor, siga sua intuição e seu coração para entrar em conexão com aquele planeta ou energia que mais estiver em sintonia com você neste momento e especialmente na virada do Ano.

Como os astrólogos descobrem qual o regente do próximo ano? Os mais esotéricos buscam nos antigos caldeus este conhecimento. Eles se baseiam na chamada “Estrela dos Magos”, uma estrela de sete pontas onde são colocados o Sol, a Lua e mais cinco planetas (aqueles que são visíveis a olho nu e que eram conhecidos na antiguidade). A seqüência em que são colocados não é clara, pois não segue a ordem lógica (de afastamento dos planetas em relação ao Sol ou em relação à Terra, por exemplo) e não vamos esclarecê-la neste artigo.

Os caldeus utilizavam as regências na seqüência, contando o Ano Zero sempre como sendo o ano regido pelo Sol. E como encontrar o Ano Zero? Simplesmente dividindo o ano em questão pelo número 7 e obtendo um número de “sobra”. Esta sobra é o número correspondente ao planeta regente do Ano. Quando a sobra for “zero” será, então, um ano SOLAR que iniciará novamente um ciclo. O último Ano Zero foi 1981. Assim, fazendo esse cálculo, 2006 nos deixa um número de sobra 4 e, portanto, o regente do ano seria Saturno.
Vamos falar um pouco desse planeta que para muitas pessoas é indicativo de tristezas e desgraças!

Para compreender essa mudança de energia que afeta a vida de todos nós, precisamos primeiro compreender a natureza desse planeta que é considerado pela astrologia como o Pai Controlador e Limitador. Saturno era um Titã, ou seja, um DEUS ANTIGO, filho de Urano com Gea (Deusa da Terra). Saturno castrou seu pai – Urano - para poder reinar entre os Titãs. Casou-se com Rhea e dessa união foram criados os Deuses Novos, ou seja, os Deuses do Olimpo. Cronus (Saturno era o nome romano desse Deus), comia seus filhos quando nasciam porque um oráculo havia previsto que um dos seus filhos lhe tiraria o trono. Mas Rhea, cansada de ter seus filhos devorados, deu-lhe para comer uma pedra dentro de um saco e dessa forma conseguiu salvar seu filho Zeus. Esse foi levado dentro de um saco para uma floresta e lá foi criado, até que retornou e destronou o pai, iniciando assim seu reinado no Olimpo. É dessa lenda mitológica que nasce a fama de “castrador” e “devorador de filhos” que tem Saturno, fama essa que faz tremer os comuns mortais que foram criados sobre a Terra. Aquela figura paterna que aterroriza muitas crianças é criada pelo inconsciente coletivo que mantém atual essa figura saturnina. Como C.G. Jung nos ensinou, os arquétipos são imutáveis e comuns a toda a humanidade. Por essa razão, para nossa análise não irá importar o nome do regente, mas sim a energia que ele representa.

Saturno é o “cercado onde a mãe natureza coloca seus filhos”. Por essa razão ele representa o limite, o nosso limite. O seu papel é aquele de um pai que nem sempre pode parecer bondoso aos olhos dos filhos, mas que certamente colocará barreiras e limites em seus caminhos para que cresçam seguros e fortes. Esse é o papel de um pai, não é mesmo? Na astrologia, Saturno simboliza o tempo, os obstáculos, a rotina, a velhice e os antepassados, a solidão e a fatalidade. Ele rege nossa estrutura óssea, os dentes, pele, cabelo e todas as cartilagens do corpo, assim como o sentido da audição e a vesícula. Sua ação é cristalizadora, endurecedora, causadora de pedras e calcificações. Daí sua fama de negativo e nefasto.

Mas para compreender o que isso significa, vamos olhar o outro lado da questão: ao longo de nossa vida todos já enfrentamos obstáculos e dificuldades. Afinal, nossa vida não é sempre aquele mar de rosas, não é? E quem se deu melhor? Quem estava preparado para enfrentar todos esses obstáculos e superá-los. Quem se deu melhor foi aquele que tinha ferramentas para derrubar as dificuldades e continuar firme em seu caminho. De fato, se a pessoa é mole e frouxa, perante um obstáculo irá sentar no chão, chorar, se descabelar e nada fará para removê-lo. Mas se a pessoa é forte, corajosa e persistente, irá remover o obstáculo, mesmo a duras penas, e acabará se sentindo ainda mais forte e satisfeita por ter superado a dificuldade. Ele será um vencedor e não um vencido. Portanto, vamos encarar esse planeta como sendo “um mal necessário”.

Então, as qualidades que deverão ser desenvolvidas em 2006 serão principalmente a prudência, a paciência, a perseverança, o senso do dever e da responsabilidade. Seria bom que todos pensassem mais no dia de amanhã, cuidando das pessoas idosas, pais ou parentes, e pensando também, porque não, na sua própria velhice. Mas, dependendo de seu esforço pessoal, 2006 poderá também ser o ano em que você conseguirá finalmente realizar um sonho, materializá-lo! O seu sucesso será fruto de seu labor e lhe oferecerá grande satisfação. Se você pensa em montar casa, montar um negócio, adquirir um bem imóvel, por exemplo, esse será o ano ideal. Comece desde já a pensar num plano de “construção” para 2006. Esse não será um ano fácil, mas será um ano muito construtivo, em todos os sentidos.

E quais defeitos deverão ser superados? Como já expliquei em outros artigos, os defeitos surgem devido a exageros, a excessos dessa energia saturnina. Se Saturno nos ensina prudência, o excesso de prudência pode nos impedir de agir. E se percebermos que estamos sendo mesquinhos, hipócritas, pessimistas e egoístas, se agirmos e pensarmos com intolerância e com preconceito, se estivermos sendo teimosos e não nos adaptarmos às mudanças, estaremos exprimindo os defeitos inerentes a esse planeta. Então, vamos dar uma paradinha e pensar: Isso é bom para mim? Isso me ajuda em alguma coisa? Não, não, não, a resposta será certamente negativa. Nada é bom em excesso. As qualidades do planeta devem ser desenvolvidas, os defeitos precisam ser superados.

Quando Saturno ingressou no signo de Leão, em 17 de julho de 2005, escrevi vários artigos sobre esse planeta, todos publicados no site. Seria bom relê-los. Isso irá proporcionar ainda mais intimidade com essa energia reinante em 2006.

Vamos falar agora sobre as correspondências cabalísticas desse planeta. Saturno rege a energia da Sefiroth Binah. Essa é a terceira Sefiroth da Árvore da Vida e nos indica nosso grau de maturidade espiritual. Ela tem a energia do planeta Saturno chamado também de Grande Pai Cósmico. A posição desse planeta em nosso Mapa Natal – e ainda mais sua retrogradação - nos indica o grau de desenvolvimento espiritual alcançado ao longo da cadeia de encarnações e nos mostra nosso “grau de consciência individual”. Na Descida da Matéria, a cristalização da matéria densa se inicia sempre nesta esfera (esfera = sefiroth) de energia.

Essa Sefiroth também é chamada de Inteligência: a Inteligência nos é dada pelo Criador e nos ajuda a compreender melhor as tarefas a serem cumpridas nessa encarnação. É com a inteligência que compreendemos o nosso caminho de evolução. Aqui se encontra a energia que nos ajuda a desenvolver nossa “consciência”, aquela consciência que usamos quando nos sentimos responsáveis por nossas ações em relação aos outros. Se esse planeta estiver em retrogradação no nosso mapa, nossa tarefa será ainda maior pois isso indicará que em outra encarnação fomos egoístas e negligentes em relação às nossas responsabilidades.

Outro nome que os cabalistas dão a essa energia é “Forma”. A “Forma” ajuda a energia a se materializar, assim como a lâmpada ajuda a energia da Luz a se mostrar para nossos olhos físicos. Por essa razão, aquilo que está no mundo das idéias começa a tomar forma e a se materializar quando alcança essa Sefiroth. Ela forma, juntamente com Hochmah e Keter, o triângulo superior da Árvore que se encontra no Mundo das Emanações, o Mundo de Atziluth. A esse respeito podem ler os artigos sobre Cabala no nosso site.

Algumas das correspondências energéticas com esse planeta:
Signo zodiacal: Capricórnio e Aquário (antigo regente)
Elemento: Terra
Natureza: Fria e seca
Energia: Restrição - limite
Qualidade: Resistência
O Gênio: TZAPHKIEL
Os Anjos: Aralim – Os Tronos (do 17° ao 24° Gênio Pessoal)
Cor em Briah: Negro/marrom
Cor em Malkuth: Índigo
Nota Musical: Ré
Inteligência planetária: Afiel
Reino Mineral: Chumbo - enxofre
Pedra preciosa: Ônix
Reino vegetal: Cicuta – Cipreste – Salgueiro - Oliveira
Reino Animal: Toupeira – Sapo - Bode
Arcano Tarô: Os TRÊS
Dia da semana: Sábado
Lugar em Malkuth: Cemitérios - Clausuras
Odores e sabores: Amargos e adstringentes
Substâncias: Incenso - Mirra
Órgãos do corpo: Olfato – Artérias – Ouvidos - Vesícula
Apóstolo: São Tomé

E agora, vamos ao cerimonial para 2006. Para prepararmos nossa cerimônia do final de ano, podemos usar ramos de oliveira para enfeitar nossa mesa e nossas cabeças, acender incenso de mirra, e vestir o negro ou o marrom e o índigo. Das três, o índigo é certamente o mais bonito, mas quem não gostar dessas cores, pode usar o tradicional branco que é a síntese de todo espectro da Luz. Por fim, podemos colocar um pouco de enxofre no nosso sapato, sob a planta do pé: isso irá nos conectar com a energia de Saturno e é usado em magia para isolar os fluidos negativos eventuais. Podemos fazer isso também durante o ano para podermos manter a conexão com esse planeta. Façam todas as suas cerimônias com alegria e bom humor, mesmo sabendo que esse não será um ano de moleza! Vocês já pensaram na responsabilidade que teremos nas próximas eleições? Lembrem-se, todos nós colhemos o que plantamos.
Bem, em breve estarei publicando as Previsões para o Brasil e as Previsões Mundiais para 2006. Aguardem!

UM FELIZ 2006 A TODOS!!! "

Graziella Marraccini

(extraido de http://somostodosum.ig.com.br)

publicado por ReikiAna às 21:01

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

A Árvore da Vida

coluna4.jpeg

A Árvore da Vida é o glifo fundamental da Tradição Ocultista Ocidental e foi utilizada para meditação e trabalho oculto prático durante inúmeros anos. Muitos dos seus símbolos são arquetípicos, o que significa que têm sentido profundo para os homens de todas as raças e credos.

Eles encarnam experiências humanas fundamentais como "masculinidade", "feminilidade", "maternidade", etc.

Centenas de estudiosos do ocultismo foram criados neste ocultismo e instruídos no seu uso prático, começam a viver, agir e a pensar dentro deste sistema. Trabalhamos com ele todos os dias, meditando sobre ele e interpretando a vida do ponto de vista da sua estrutura. Isso traz ordem à vida interior; os sonhos e o "psiquismo" aparecerão em função do simbolismo da Árvore e, ao alcançarmos o estágio adequado de preparação, o trabalho ritual se baseará nele.

Para que a Cabala se torne parte da nossa vida, seu uso deve ser completamente automático, se quisermos alcançar o seu pleno proveito. Por isso, é uma excelente idéia tomar notas e traçar diagramas em todas as oportunidade. Desse modo, o sistema se torna parte do nosso mundo interior.

A maioria dos estudiosos modernos não está muito interessada em pesquisa acadêmica por si mesma; quer algo que possa ser utilizado hoje. A Qabalah é um sistema vivo e se desenvolve com o uso, evoluindo, como devem evoluir todos sistemas de conhecimento destinados a sobreviver. Os elementos cabalísticos são frequentemente classificados dentro de quatro títulos:

1) Cabala prática, que trata da magia cerimonial;

2) Cabala dogmática, que compreende a literatura e o sistema;

3) Cabala literal, que trata das letras e dos seus valores numéricos;

4) Cabala oral, que se ocupa com a atribuição dos símbolos às esferas da Árvore da Vida.

Os Triângulos na Árvore

Otz Chiim, a Árvore da Vida, é, na verdade, a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.

Ela é composta de dez círculos ou esferas chamadas Sefirats, que significa "emanações". A forma singular de sephiroth é sefirat. Estas Sefirats são dispostas em três triângulos ficando o décimo círculo isolado embaixo, conforme é mostrado pela figura de abertura desta página.

Os triângulos são ligados entre si por vinte e duas linhas ou caminhos. Observando a figura central da ilustração desta página, você poderá perceber. Os círculos representam estágios no desenvolvimento das coisas - em especial a evolução do universo e da alma. Os círculos são numerados de 1 a 10 de acordo com a linha em ziguezague chamada raio, que às vezes é ligada ao diagrama da Árvore.

Se você quiser perguntar porque as esferas da Árvore não podem simplesmente ser dispostas em linha como uma série de contas, a razão é que a Árvore representa um conjunto de relações, não apenas uma sequência de eventos.

Os Pilares

As dez esferas da Árvore podem ser consideradas como três linhas verticais ou pilares. Tal disposição apresenta os tr6es grandes princípios complementares de atividade, passividade e equilíbrio. Os pilares laterais representam sempre os complementares, enquanto o do meio retrata o estado de equilíbrio entre eles.

O simbolismo do pilar, como todas as relações na Árvore, pode ser aplicado igualmente à humanidade ou ao universo. A significação das forças complementares da Árvore se tornará clara à medida em que aprofunda o seu estudo. É apresentado um círculo pontilhado entre os círculos um e seis; ele representa uma "sephirah invisível", chamada Daath.

Para localizar melhor os circulos, comece numerando do alto e no centro, como circulo 1. O circulo da direita é o 2, da esquerda 3, próximo à direita 4, esquerda 5, centro 6, direita 7, esquerda 8, centro 9, centro 10. Na tradição cabalística, os pilares muitas vezes eram chamados de SEVERIDADE (Ativo), Compaixão (passivo) e Mansidão (equilíbrio).

As Letras Hebraicas

Dizem que um professor de hebraico numa universidade inglesa iniciou sua preleção com as palavras:- Senhoras e Senhores, esta é a língua que Deus falava. Talvez isto estivesse sendo um pouco exclusivista, mas tinha boa razão para isso. Uma considerável parte das sagradas escrituras da cultura ocidental foi indiscutivelmente escrita nessa língua antiga.

Há vinte e duas letras do alfabeto hebraico. São todas consoantes. Os sons vogais, ou pontos, foram acrescentados posteriormente. Diz a lenda que, durante a Criação, Deus fez desfilar diante de si as vinte e duas letras e "viu que eram boas". Recebida a aprovação divina, as letras foram consideradas sagradas, cada uma representando uma idéia e um som.

A forma atual das letras é semelhante aos objetos que originalmente se supunha que representassem. Desse modo, Shin, a vigésima primeira letra, representa o dente da serpente, enquanto Kaph, a décima primeira, uma palmeira. A esta altura você deve estar se perguntando se precisará aprender o hebraico antes de compreender a Árvore e utilizá-la.

A resposta é um simples NÃO. A Árvore é um sistema universal de relações. Pode ser expressa em qualquer língua e época.

Porque estamos fazendo digressões sobre o hebraico?

Antes de tudo porque as idéias cabalísticas foram originalmente expressas em hebraico e muitas obras subseqüentes, como os elementos da "Aurora Dourada", basearam grande parte de suas teorias e práticas nas letras e seus significados.

Em segundo, porque centenas de estudiosos do ocultismo, meditando e trabalhando sobre elas no ritual, tornaram o hebraico uma espécie de centro do inconsciente da Tradição Ocultista Ocidental. O moderno ocultista, assim diz a teoria, pode, através da reflexão sobre as letras, sintonizar esse conjunto de idéias e experiências.

Há vinte e duas letras, todas consoantes. O hebraico não tem nenhum sinal para os números, de modo que se dá a cada letra um valor numérico.

Os antigos rabinos usavam essa característica, desenvolvendo uma forma de numerologia chamada gematria. Se os valores das letras isoladas que compõem uma palavra são totalizados, a soma obtida pode ser comparada aos resultados ajustados a outras palavras. Todas as palavras com um total comum são consideradas como tendo uma afinidade especial.

Os cabalistas dividem as letras em três grupos: letras-mãe, letras duplas e letras simples. Há três letras-mãe, sete duplas e doze simples.

A Árvore e suas Forças

A Qabalah é chamada de Árvore da Vida porque é representada por Dez Esferas interligadas, cada qual representando um Princípio-Regente. Essas esferas-princípios são chamadas de Sefirats.

A Árvore da Vida é um diagrama que representa todas as forças e fatores atuantes no universo e na humanidade. Não existe nenhuma característica, influência ou energia que não seja suscetível de representação na Árvore. O começo, o fim e os caminhos intermediários, todos são representados. Pode-se assim ver o passado, o presente o o futuro nas Dez sefirats e nos vinte e dois caminhos que as ligam.

Somos, naturalmente, construtores de formas. Todo o nosso passado foi consumido numa luta corpo a corpo com a forma, pois mesmo os reinos etéricos do plano mental são túrgidos e restritivos para o espírito. Não é de surpreender, portanto, que a personalidade - ela própria uma complexa forma mental e emocional - veja forças abstratas em símbolos concretos.

Deus fez o homem à Sua imagem e semelhança e fazemos o mesmo com o nosso universo interior - nossa percepção das forças abstratas é personalizada ou formalizada de acordo com o nível da nossa compreensão do momento. Os Titãs, os deuses olímpicos e os deuses com cabeça de animais do Egito são formas feitas pelo homem.

Os arcanjos, os anjos, serafins e querubins, os elementais e as fadas do folclore são personificados em formas aladas, anões, rodas ardentes, pilares de fogo, etc. segundo a profundidade da nossa percepção e os limites do nosso suprimento de imagens mentais. Os símbolos personalizados são palavras no vocabulário dos ocultistas. Com as palavras de que nos servimos na vida diária, eles representam realidades; só há ameaça de perigo quando elas são tomadadas erroneamente pelas realidades que representam.

O ocultismo jamais pode ser restringido a uma série de fórmulas rígidas. A experiência humana é individual e alguns aspectos dela podem ser singulares. Tampouco duas pessoas reagem do mesmo modo a uma experiência. Há, por conseguinte, pouco valor em adquirir um livro sobre a Cabala com uma série de poderes facilmente acessíveis e utilizá-lo como um substituto da experiência pessoal. O livro só pode servir para apontar o caminho.

Seja como for, tudo depende do uso que você fizer da Árvore como símbolo fundamental.

(extraido de www.misteriosantigos.com.br)




publicado por ReikiAna às 22:39

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

E assim foi o dia 26, Feliz Aniversário para mim...

26-12-05_1642.jpg

26-12-05_1651.jpg

26-12-05_1650.jpg

Palavras para quê ???, hihihih

26-12-05_1653.jpg

26-12-05_1644.jpg

26-12-05_1646.jpg

A meu marido, que esteve comigo,
A meus filhos,
A minha mãe, meu "eterno" pai,
A minha família,
A meus amigos e amigas,

Um Bem haja e um beijinho do tamanho do Mundo!!!


publicado por ReikiAna às 21:21

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2005

AS SETE LEIS DA SABEDORIA OU OS PRINCÍPIOS HERMÉTICOS

Feminine-Rising.jpg

"Hermes Trismegisto, o Três Vezes Grande, era considerado pelos Egípcios o Mensageiro dos Deuses, por ter transmitido os ensinamentos a este grande povo da antigüidade e ter implantado a tradição sagrada, os rituais sagrados, e os ensinamentos das artes e ciências em suas Escolas da Sabedoria. A medicina, a astronomia, a astrologia, a botânica, a agricultura, a geologia, a matemática, a música, a arquitetura, a ciência política, tudo isso era ensinado nessas Escolas e em seus livros, que segundo os gregos somavam 42. Entre eles se encontra "O Livro dos Mortos" que é também chamado de "O Livro da Saída da Luz". A Ciência Hermética é baseada em seus ensinamentos e comprova com seus preceitos, que o Grande Hermes veio transmitir para a humanidade uma Sabedoria Divina, até hoje mal compreendida apesar de amplamente comprovada.

A Filosofia Hermética se baseia nos Princípios Herméticos incluídos no livro "O Caibalion", (Três Iniciados - Livraria Pensamento) e parece destinada a plantar uma semente de Verdade no coração dos sábios, que perpetuam e transmitem os seus ensinamentos. Em todas as civilizações sempre existiram ouvidos atentos a estes preceitos. Como diz o próprio Caibalion:

"Em qualquer lugar que se achem os vestígios do Mestre,
Os ouvidos daqueles que estiverem preparados para receber
O seu Ensinamento, se abrirão completamente.
Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir,
Então vêm os lábios para enchê-los de sabedoria".

Porém o Caibalion nos ensina também que:
"Os lábios da Sabedoria estão fechados, exceto aos ouvidos do Entendimento".

O Caibalion nós foi transmitido pela Tradição Hermética e reúne os ensinamentos básicos da Lei que rege todas as coisas manifestadas. A palavra Caibalion, na língua hebraica significa tradição ou preceito manifestado por um ente de cima. Esta palavra tem a mesma raiz da palavra Qabala (Cabala), ou Qibul, ou Qibal, que em hebraico, significa tradição.

Em nossos dias o termo 'hermético' significa secreto, fechado de tal maneira que nada escapa, significando que os discípulos de Hermes sempre observavam o princípio do segredo nos seus preceitos. Os antigos instrutores pediam este segredo, mas nunca desejaram que os ensinamentos não fossem transmitidos. Não instituíram uma religião, de forma que estes princípios pudessem ser aproveitados por todos mas não pertencessem a nenhum credo. De fato, os "Princípios Herméticos" são baseados nas Leis da Natureza, e como tais pertencem somente à Ordem Divina.

Os Sete Princípios (ou Sete Leis) em que se baseia a Filosofia Hermética são os seguintes:

I - O princípio de Mentalismo
II - O princípio de Correspondência
III - O princípio de Vibração
IV - O princípio de Polaridade
V - O princípio de Ritmo
VI - O princípio de Causa e Efeito
VII - O princípio de Gênero

A Primeira Lei revela o Principio do Mentalismo:

"O TODO é MENTE; o Universo é Mental"

Este é sem dúvida o mais importante de todos os princípios, já que nele estão contidos todos os outros. O TODO (ou seja a realidade que se oculta em todas as manifestações de nosso universo material) é Espírito, Incognoscível e Indefinível em si mesmo, mas pode ser considerado como uma Mente Vivente Infinita Universal. "Compreendendo a verdade da Natureza Mental do nosso Universo o discípulo estará bem avançado no Caminho do Domínio", escreveu um velho mestre do Hermetismo. Estas palavras continuam atuais e verdadeiras e são a chave para a nossa compreensão das regras e Leis que regem nosso universo material.

Observaremos que, se o Universo é Mental e nós existimos na Mente do Todo, como tais, nós somos seres mentais e criamos com a nossa mente, à imagem e semelhança do Todo, conforme explica o Segundo Princípio. A mente nada mais é que um complexo aglomerado de impulsos energéticos, capazes de enviar mensagens, não somente ao nosso próprio corpo, mas também fora dele. Todos já experimentamos aquela sensação de 'sermos observados' mesmo se nada podemos ver com nossos olhos físicos. É bem possível que essa sensação seja a conseqüência de um olhar mental (de impulsos energéticos) enviado por outra pessoa que naquele momento desconhecemos.
Por outro lado, a sabedoria popular nos ensina que 'a inveja mata'. Como é possível? O que pode fazer um olhar invejoso? A energia negativa gerada pela mente de uma pessoa maldosa pode interferir em nossa própria energia mental e física. Quem já não experimentou isso?

Podemos então compreender que nossa mente, feita à imagem e semelhança do TODO, pode também criar, coisas positivas e coisas negativas. A criação de uma imagem gerada por nossa mente, é captada pelo cérebro físico como sendo "REAL". É dessa forma que funcionam as imagens mentais que são elaboradas para auxiliar as pessoas que desejam superar alguma dificuldade num sistema de auto-ajuda. A imagem positiva criada precisa de uma repetição até que ela seja 'fixada' pelo cérebro que afinal precisa reconhecê-la como real. A partir daí (normalmente os exercícios são feitos em 21 dias) o cérebro já reconhecendo a imagem mental como real, começa a modificar a estrutura energética ao redor da pessoa "atraindo o similar" ou seja, atraindo aquilo que foi criado por nossa mente. O similar atrai o similar, assim como o amor atrai o amor, o ódio atrai o ódio, o dinheiro atrai o dinheiro, etc... É claro que entre a criação da imagem e a materialização existe um lapso de tempo (tempo esse que existe somente na matéria) e muitas vezes é justamente esse lapso de tempo que faz as pessoas desistirem de sua criação.

Todos os terapeutas são unânimes em aconselhar pensamentos positivos aos seus pacientes! Então porque não começamos a controlar as imagens mentais que criamos? Projetarmos em nossa mente imagens de paz, harmonia, amor, abundância, felicidade e alegria, é a solução. Mas lembrem-se, nada é conseguido sem o duro trabalho da perseverança!"
publicado por ReikiAna às 16:18

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Feliz Natal

feliz natal.bmp

(imagem enviada pela Sandra e Jorge Ramos)

Para todos desejo :

Rehus-Beal-Ledeats
Idah Saidan Wa Sanah Jadidah
Feliz Navidad
Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand
Boas Festas e Feliz Ano Novo
Tchestita Koleda; Tchestito Rojdestvo Hristovo
Feliz Navidad
Gun Tso Sun Tan'Gung Haw Sun
Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo
Sretan Bozic
Vrolijk Kerstfeest en een Gelukkig Nieuwjaar!
Merry Christmas
Joyeux Noel
Kala Christouyenna!
Kellemes Karacsonyi unnepeket
Selamat Hari Natal
Idah Saidan Wa Sanah Jadidah
Nollaig Shona Dhuit, or Nodlaig mhaith chugnat
Buone Feste Natalizie
Shinnen omedeto. Kurisumasu Omedeto
Sung Tan Chuk Ha
Natale hilare et Annum Faustum!
Linksmu Kaledu
Sreken Bozhik
God Jul, ou Gledelig Jul
Bikpela hamamas blong dispela Krismas na Nupela yia i go long yu
Feliz Navidad y un Venturoso Año Nuevo
Maligayan Pasko!
Wesolych Swiat Bozego Narodzenia ou Boze Narodzenie
Feliz Natal
Sarbatori vesele
Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom
Hristos se rodi
Sretan Bozic ou Vesele vianoce
Sawadee Pee Mai
Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun
Srozhdestvom Kristovym
Chung Mung Giang Sinh
Cestitamo Bozic

E sejam felizes.........................


publicado por ReikiAna às 00:00

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

.posts recentes

. ...

.

VIAGEM IN...

. Novo Blog

. A solução é o AMOR

. Reiki I - Praia Torre, di...

. ...

.

Combinadi...

.

O CAMINHO...

.

Partilha ...

.

REIKI PAR...

.arquivos

. Agosto 2012

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2007

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds